uma árvore de frutas, por que e como ter em casa

Por que ter uma árvore de frutas em casa? E como faço isto tendo pouco espaço?

Na era da tecnologia, está bem difícil nutrir uma infância mais conectada à natureza e com uma consciência maior e melhor do meio em que vivemos…

Investir em uma educação mais sensível às questões de sustentabilidade, é uma forma de ensinar as crianças sobre a importância da preservação do meio ambiente e de uma rotina mais verde, que envolve também a sua alimentação.

E o mais importante:
frutas são excelentes aliadas da nutrição infantil e, além de gostosas, não enfrentam resistência das crianças para incorporá-las no dia a dia, mesmo na forma de sucos.

Você sabe das vantagens de incluir frutas no dia a dia do seu filho?

Elas contêm água, fibras, vitaminas, sais minerais, frutose, carboidratos, gorduras e proteínas, além de serem fáceis de encontrar e muito mais baratas do que os salgadinhos da moda.

QUER MAIS?

Toda essa variedade nutricional da fruta tem pouca caloria e é facilmente digerida.

Mas é importante que o paladar da criança seja respeitado…

O Daniel por exemplo, odeia mamão rsrs, já insisti algumas vezes mas entendi que ele realmente não gosta do cheiro da fruta e muito menos do gosto, mas no entanto, ama banana!

 

E pensando em tudo isto, meio ambiente x árvores frutíferas x frutas… eis minha última pergunta:
” Você já pensou em cultivar árvores frutíferas em sua casa, seja no jardim ou em vasos, caso more em apartamento?”

 

Claro que nem sempre é possível se ter uma bananeira em casa, porém há possibilidades de cultivo de árvores frutíferas em vasos em varandas, mas somente onde bata Sol, sendo ótima opção para quem mora em espaços pequenos.

E irão produzir deliciosos frutos da mesma forma que acontece no solo…

A diferença primordial é que a terra deverá ser mais nutrida do que no cultivo tradicional, e a adubação deverá acontecer mais vezes ao ano!

Para as crianças, cuidar destas árvores, poder acompanhar seu crescimento e ainda se alimentar dos seus frutos, é literalmente usufruir de um pedaço da natureza… simplesmente mágico…

Esta banana abaixo é de nosso quintal e Dani simplesmente ama acompanhar o crescimento da mamãe dela, a bananeira rs!

Mas vamos ao que interessa!

Listei algumas ações para a execução destes vasos com frutíferas, ou simplesmente, se tiver espaço, plante-as em seu jardim!

 

1. Escolher um vaso adequado

A importância de selecionar o vaso correto é muito importante e deve ser escolhido cuidadosamente para manter a umidade do solo.

As árvores que apresentam tamanhos grandes na natureza devem ser plantadas em recipientes maiores, proporcionando espaço suficiente para as raízes se desenvolverem “livremente”.

O vaso deve ser no mínimo 3 vezes maior que o torrão da muda para o que a planta tenha um crescimento saudável.

 

2. Drenagem do vaso

A drenagem do fundo do vaso é uma das partes mais importantes do plantio. Vasos com drenagem ruim propiciam acúmulo de água e apodrecimento da raiz.

Como forma de drenagem escolha: seixos, argila expandida, brita, entre outros.

Cobrindo a drenagem, pedaços de manta bidim.

E em cima de tudo isto, coloque a linda árvore de fruta com a terra adubada bem apertada ao redor do seu torrão, para que fique bem firme!

Pronto… estamos felizes!!! rs

3. Rega da árvore

Logo após o plantio, regue em excesso, até escorrer pelo fundo do vaso.

Quanto às demais regas, indica-se que seja realizada três vezes por semana, sem deixar a terra encharcada demais.

A iluminação Solar também é essencial e pode ser indireta durante o dia todo ou direta, por no mínimo 4 horas.

 

4. Adubação

Após a colheita dos frutos é importante fornecer à frutífera todos os nutrientes gastos na produção desses frutos.

Procure em lojas específicas de jardim, adubos adequados e os utilize conforme as recomendações.

 

Ebaaa…

Agora você não tem mais desculpa para não ter uma árvore de frutas em seu lar…

Além de propiciar aos seus filhos esta experiência tão enriquecedora, economizará no sacolão, nem que seja bem pouco!

 

Logo pensando na frase:
“Há três coisas que um homem deveria fazer na sua vida: plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro.” do poeta cubano José Martí, isto já pode ser seu bom começo, rs!!!

 

E se ainda quiser produzir adubo com uma composteira caseira, veja o post abaixo e boa sorte!

 

Minhoca, ecaaa! Eca nada, 5 motivos para você fazer um minhocário com as crianças!

 

Comentários

Comentários

2 Replies to “uma árvore de frutas, por que e como ter em casa”

    1. Talita querida, realmente pode! Algumas frutíferas tem um desenvolvimento mais lento e o ideal, se vc já quer resultados rápidos para colher frutos com seu leãozinho, é escolher as espécies com crescimento mais rápido como laranja, limão, romã e acerola, já com porte médio. Bjooo, boa sorte e depois me conta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *