natureba, naturaleza, natureza… benefícios do jardim para as crianças

 

É só falar em Natureza, que nos vem uma sensação de tranquilidade em meio ao estresse do dia a dia e para quem tem filhos, buscar os benefícios do jardim para as nossas crianças.

Além de eu morar dentro de uma região de preservação ambiental e trabalhar com Paisagismo, eu amo passar bons momentos ao redor da paisagem verde e o barulho dos pássaros…

Mas quem não gosta, não é?

E eu tão imersa nesta bolha verde, jamais poderia deixar fora dela, o crescimento e evolução do meu filho.

Lá em casa, temos sempre alguma “oficina” ao ar livre rolando com o pequeno e posso garantir que a farra é grande, o saldo é mega positivo e o aprendizado é constante, principalmente em relação às questões ambientais e desenvolvimento do respeito ao meio ambiente!

Pensando nisto, escrevi este Post para falar mais sobre a tão sonhada união entre as crianças e os jardins, principalmente para os pais que moram em apartamentos dentro da cidade, tão carente de natureza e ar puro!

Vamos falar em 10 sugestões de atividades ao ar livre e seus benefícios:

 

  1. Plantio de mudas

Para plantar, seja qualquer espécie, escolha uma pequena muda, que a criança possa manusear facilmente, dando autonomia no plantio. Ajude-a a fazer o berço (buraco onde ficará o torrão da planta) e incentive-a a encaixar a planta e fechar com a terra adubada.

Esta atividade faz com que a criança comece a entender o processo de crescimento da vegetação, uma vez que ela acompanhará dia a dia o desenvolvimento daquela muda que ela mesmo plantou!

Só tome cuidado com a exposição da criança ao Sol sem protetor solar e com o manuseio das pás para crianças menores.

Ainda é interessante a utilização de bonés para proteção do rosto e botas, caso seja um espaço com formigas ou outros pequenos insetos.

 

2. Flores e Folhas

Deixar a criança tocar as plantas, para sentir as diferentes texturas e tamanhos.

O toque na grama também traz uma sensação de liberdade e grande satisfação para a criança e desvendar o mistério das folhas, aflora a curiosidade e a preservação ambiental.

Mas tome muito cuidado com as plantas venenosas e seu contato com as mucosas.

Além das que têm espinhos e folhas muito ásperas, evitando acidentes!

 

3. Mãos e pés na terra

Colocar as mãos e pés em contato com a terra, é fantástico.

Pode ser que ao primeiro toque a criança se sinta incomodada, mas ao longo da atividade ela relaxa e logo percebe os benefícios de estar em contato direto com a terra.

Dê preferência para roupas já desgastadas e mais leves. Os períodos mais quentes são mais adequados, pois após a rega, a terra vira barro e se estiver um tempo mais frio, a criança poderá adoecer!

 

4. Rega

Ahhh a água… estimular a rega frequente, alerta a criança sobre o uso adequado e eficiente da água no crescimento das plantas.

É super divertido para a criança perceber a água caindo pelo regador e atingindo a plantinha.

Utilize sempre um regador de plástico e adequado ao tamanho da criança, para que mesmo com a água, ainda fique leve a atividade.

Lá em casa, é só chegar o final de semana e temos nossas tarefas no jardim. E as do Dan é regar as samambaias que ficam no chão e cuidar da gaiola aberta que temos no jardim.

 

5. Lama

Claro que água x terra = lama e simmm… vira um barreiro só!

E tem coisa mais gostosa para criança do que pisar na terra fofa encharcada de água?

Só tome cuidado para não deixar o espaço escorregadio e ainda dê preferência para roupas de tecidos mais leves, que ao absorver a umidade, seque com mais facilidade para a criança não permanecer com roupa molhada!

As botas estilo galochas, são muito bem vindas!!!

 

6. Animais

E tem como falar de jardim sem falar dos animais? Esta mistura infalível de natureza, animais e crianças, é a receita de brincadeira feliz e saudável sempre.

Claro que quando falamos em ter um cachorro, um gato, um coelho, uma tartaruga, sei lá, fica mais difícil conciliar a vida…

Mas animal não é brinquedo e não pode e nem deve ser descartado na primeira dificuldade, como uma mercadoria.

Eles precisam de amor e atenção tão quanto uma criança. Por isto, pense bem antes de adquirir um animal de estimação, mas pense com carinho, com muito carinho rs… pois vale muito a pena.

Em casa temos 3 vira-latas, meus filhos adotivos de pêlo, que enchem nossa casa de alegria e afeto…

 

7. Bolhas de sabão

Você também pode usar a criatividade e agregar outros elementos na brincadeira ao ar livre, em contato direto com a natureza.

As bolhinhas de sabão são sempre muito divertidas e a criança pode observar a ação do vento, a transparência e a explosão da bolhinha, o cheiro diferente do sabão e o contraste das cores em meio ao verde do jardim.

Só tenha atenção para a criança não colocar na boca, não beber a água de sabão e nem levar aos olhos. De resto… diversão pura!

 

 

8. Banho de Balde ou Mangueira

E o que falar de banho de balde ou se molhar com a mangueira ao ar livre, naqueles dias de mega calor, que até a gente fica doido para tirar a roupa e se jogar na água fria?

Ahhh… as crianças simplesmente amam o contato com a água…

Em casa sempre rola um banho assim, mas gosto de quebrar um pouco a temperatura da água e deixá-la mais morninha, antes de banhar o Leão!

Ai que delícia… para quem banha e mais ainda para quem é banhado… rs!

 

9. Chamego e carinho sem limites

Simmm… chamego, mãos dadas, abraço de tirar o ar e beijo esmagador, fazem parte destas atividades no jardim, senão não teria a menor graça, rs.

Este é um momento só nosso e nada melhor do que curtir cada pedacinho do dia com nosso filho e a natureza.

A única parte ruim é realmente quando termina a brincadeira, pois normalmente a criança nunca quer deixar o local, de tão divertido e tão diferente do que já vivenciou!

E claro que depois desta farra, rola um bom banho quente, um lanchinho gostoso e um lindo sono com os elfos e fadas!!!

 

10. Correr, pular, girar, cantar…

Rolar e correr na grama é uma super terapia. Deixa a criança mais calma e equilibrada, mais focada em tantos pontos de interesse que a natureza oferece, que além das plantas, há os bichinhos que nela vivem… as formiguinhas, joaninhas, pássaros, grilos, besouros… com suas cores e barulhos diferentes!

E o respeito por tudo isto aflora com certeza na criança, e ela começa a dar valor desde cedo ao meio ambiente, criando um compromisso de preservação! E são tantos os aprendizados…

 

… “Ahhh mãe Leoa, mas não tenho jardim em casa e nada disto é possível”… certo? ERRADOOO…

Temos vários parques e praças públicas à disposição, com suas paisagens e atrativos distintos, tanques de areia, playground ao ar livre, gramados deliciosos e muitos bichinhos à disposição do primeiro curiosinho que se embrenhar no tapete verde e natural fornecido pela mãe Natureza…

“Por que tentar explicar milagres para seus filhos, quando você pode apenas fazê-los plantar um jardim?” Robert Brault 

 

Então, sejamos felizes aprendendo com a mãe Natureza… FELIZ DIA!

 

Gostou deste Post? Gosta do tema?

Então tenho certeza que curtirá o post abaixo, que te ajudará a montar um cantinho verde no seu lar, para curtir com seus leõezinhos:

5 dicas para pequenos jardins em casa

Comentários

Comentários

2 comentários sobre “natureba, naturaleza, natureza… benefícios do jardim para as crianças

  1. Ah! Que demais! Lindo post, recheado de boas dicas! E preciso dizer: as fotos estão sensacionais!!
    Por aqui, tenho um filhote super preocupado com plantes. Não temos espaço para jardim (moramos em apartamento), mas o pequeno sempre lembra de regar as plantas!

    1. Obrigada querida! Mas o legal é isto mesmo, não é necessário ter jardim imenso. Pequenos vasos, cachepôs e floreiras, também acrescentam grande aprendizado à criança, através da observação do crescimento da planta, deste comprometimento na rega e principalmente o que vem junto com tudo isto: o respeito à natureza! Medalhinha para este leãozinho! Bjooos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *