amor de vó… a mãe da mãe, vovó!

Foto @greycarvalho www.stilfotoevideo.com.br

Amor de vó… a mãe da mãe, vovoooooooooó!

E quando a gente fala de amor de mãe, pensamos em todo o amor que temos por nossos filhos, toda a transformação dos nossos dias em função do amparo ao desenvolvimento dos nossos leõezinhos…

Mas o que deve ser o amor aos filhos de nossos filhos? Em especial ser mãe de uma mãe?

Eu não me lembro de minha vó materna, vó Dita, pois faleceu enquanto eu ainda era uma bebê de 3 anos.

Somente tive contato com minha vó Luzia… paterna, até a adolescência…

Mas posso dizer que com certeza eram as pessoas que mais nos paparicavam, enquanto a mamãe nos repreendia educando no dia a dia…

Imagino pelo que presencio no relacionamento do meu filho e de minha sobrinha com minha mãe, que este sim, seja o maior amor do mundo…

Este afeto de vó é algo realmente absoluto, multiplicado pelas mil doses gigantes de amor…

Ser mãe de uma mãe é ter a paciência elevada ao triplo e compreensão caminhando a passos largos!

É carinho que se espalha pelos dias e que dá aos netos o aconchego na vida em doses extremas…

É doação mental, física e emocional, de alguém que já viveu bastante e não tem mais a juventude e a energia de uma criança, mas se esforça bem, para não perder nenhum passinho das etapas da vida do presentinho que a filha lhe deu…

É morrer de amor por um ser que foi gerado no ventre da filha mãe… e que ela vê crescer…

Vovó, que já carrega seu coração fragmentado entre os filhos, se reinventa docemente para os netos!

Ser mãe de mãe deve ser surreal mesmo… 

É ser mãe duas vezes, difícil imaginar… é prece eterna, daquelas que chega aos céus sem precisar anunciar…

É buscar a disposição e a juventude que o tempo comeu um tanto, e chorar sem querer transbordando gratidão…

Vejo minha mãe e meu filho, a vovó e seu netinho…

Vejo Deus estampado neles, mostrando que na vida o que levamos são os momentos que estamos juntos e compartilhamos emoções sem pedir nada em troca… só pelo amor!

Os pequeninos dedos que seguram as mãos enrugadas da vida, o beijo estalado na face envelhecida e marcada pelo tempo… o abraço forte de quem se ama verdadeiramente e brindam a vida… de geração em geração!

Aprendo com eles… 

Sobre a compaixão

Sobre as gerações

Sobre a paciência 

Sobre a resiliência

Sobre a colaboração 

Sobre a devoção

Sobre o respeito mútuo

Sobre o mundo

Sobre doação 

Sobre admiração

Sobre o amor doce e sem fim…

Sobre mim…

Sobre vovó e netinhos

E sobre Deus e seus caminhos… 

 

E então, curtiu este texto? Bom, acho que vai gostar de ler também:

sobre amar alguém

Comentários

Comentários

2 comentários sobre “amor de vó… a mãe da mãe, vovó!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *