5 dicas para pequenos jardins em casa

Hoje em dia, com a vida corrida e praticamente cercada pela poluição de nossas cidades de pedra, é grande a busca pelo bem estar dentro de casa.

Um grande passo é tentar trazer a vegetação para o nosso lar, com a criação de pequenos jardins em casa!

Pensando nisto, resolvi escrever este Post, dando dicas legais de como montar estes espaços verdes e deixar nosso cantinho familiar mais aconchegante e saudável.

Especificar corretamente é o conceito-chave para tornar amplo e agradável um pequeno espaço verde… então vamos lá:

5 Fatores a serem levados em conta para você fazer pequenos jardins:

 

  1. Hábitos dos moradores

Se as pessoas estão abertas e comprometidas a cuidar e zelar pela vida das plantas que viverão com a família;

Estipular um regador oficial, responsável por aguar as plantas quando necessário e observar se há um ralo para escoamento da água e uma torneira para facilitar a manutenção e rega;

Se costuma receber pessoas em casa no jardim, disponha bancos ou cadeiras;

Atenção à rega, adubação adequada e manutenção correta, evitando a proliferação de fungos e insetos em pratos dos vasos, fontes ou espelhos d água;

Crie um estilo adequado para o jardim e para a família e não encare as tendências com obrigação.

2. Luz natural dos ambientes

É preciso verificar a ventilação e incidência de luz natural para definir a disposição das plantas e dos espaços;

O mesmo ocorre com a intensidade de ventos, uma vez que elas têm capacidades de resistência diferentes e podem queimar com uma corrente de vento em excesso;

Na dúvida é sempre aconselhável a contratação de um jardineiro e um paisagista.

 

3. Colocação de materiais complementares e cores

Revestimentos de pedras, prateleiras nas paredes e vasos apoiados em treliças ripadas também servem para compor paredes;

Em varandas, os vasos são recomendados, sempre com pratos e se possível rodinhas de borracha ou silicone para locomoção se necessário;

Materiais como seixos, pedras de rio, casca de árvore, entre outros, oferecem aconchego;

Móveis de área interna/ externa como bancos, poltronas, futtons, espreguiçadeiras, são bem vindos.

 

4. Ficar atento à Circulação

Não adianta colocar um canteiro no meio da circulação, pois causarão acidentes e dificultará a passagem das pessoas;

Plantas que têm folhagens grandes e que passam da medida da boca do vaso, podem incomodar as pessoas que passam ao redor e ainda danificar a folhagem.

5. Especificação de vegetação adequada

Escolher plantas de pequeno e médio porte quando plantadas em espaços pequenos, como apartamentos e varandas;

O jardim vertical é uma opção para áreas pequenas ou paredes altas;

Cachepôs com plantas em cima das mesas e balcões, embelezam e dão um ar de natureza e vida aos espaços;

Observe se a planta que está escolhendo, é de sombra, meia sombra ou sol pleno. Na dúvida, consulte um profissional para evitar gastos e comprar corretamente a vegetação.

                   

Tenha um jardim no lar pois melhora o astral e equilibra as emoções!!! Boa sorte…

E se gostou deste Post, pode ler mais a respeito no texto abaixo:

macetes e dicas para plantas dentro de casa

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *